Mural MX

Debate sobre acessibilidade

Postado por em 9-09-16 em Mural MX | Comentários desativados em Debate sobre acessibilidade

O 3° Observatório do Circuito Liberdade acontece no dia 22 de setembro, às 19h, no MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal. O tema é “Espaços Culturais e Acessibilidades: Sentidos e Experiências”

O evento contará com a presença do artista plástico mineiro Marcelo Xavier do o consultor em Acessibilidade da Associação Brasileira de Assistência À Pessoa com Deficiência Visual, Beto Pereira; e da presidente do Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais, Anyky Lima – sendo mediado por Glicélio Ramos, representante do Movimento Unificado dos Deficientes Visuais e Coordenador do Setor Braille da Biblioteca Pública Estadual Luiz Bessa.

Não precisa de inscrição e a entrada é gratuita!

debate-iepha

Oficina de massinha!!!

Postado por em 9-09-16 em Mural MX | Comentários desativados em Oficina de massinha!!!

Oficina de massinha!!!

Marcelo Xavier e Asa de Papel convidam para um sábado de muita diversão e cultura!

Vai ser no dia 01/10, abrindo as comemorações do mês das crianças.

Vai ter oficina de modelagem com massinha, autógrafos do autor, venda de todos os livros do Marcelo Xavier e de produtos relacionados à obra dele.

Horário: 10h

Duração: 1h

Faixa etária: Livre

Objetivo: despertar a criatividade e a curiosidade por meio da modelagem. Procura-se evidenciar a acessibilidade de todos os participantes a construções e expressões artísticas, não cabendo julgamento sobre o produto final.

Local: Asa de Papel Café e Arte – Rua Piauí, 631, Santa Efigênia

Inscrição: Asa de Papel ou pelo email contato@marceloxavier.art.br

Valor da oficina: R$ 35,00 (material incluído)

Vagas limitadas. Não Perca!

Marcelo Xavier no “Terra de Minas”

Postado por em 9-09-16 em Mural MX | Comentários desativados em Marcelo Xavier no “Terra de Minas”

O programa “Terra de Minas”, da TV Globo Minas, teve uma edição especial dedicada à arte produzida no estado.

MX foi personagem de uma linda e emocionante reportagem, tratando da vida e da carreira desse artista mineiro.

A reportagem está disponível no link http://glo.bo/2chPK38

As peças de massinha do artista plástico Marcelo Xavier são ilustração de livros infantis. Com suas mãos habilidosas, ele vai misturando as cores, amassando, amassando, e, em pouco tempo, a bola de massinha ganha pernas, uma tromba, orelhas, olhos e presas. Nasceu um elefantinho.

O artista plástico e escritor nasceu no interior de Minas, mas diz que tem três terras natais: Ipanema (MG), Vitória (ES) e a capital mineira. A modelagem fazia parte das brincadeiras de criança. Na época, a matéria-prima era o barro. Foi só mais tarde que descobriu que este talento poderia virar profissão.

“Entrei nessas áreas todas: figurino, cenário, adereços. Tudo isso caia ali, a gente matava. E, de repente, me apareceu o texto da Branca de Paula, ‘Truques Coloridos’ e eu resolvi fazer tridimensional, com bonequinhos fotografados, iluminados. Eu queria a luz da televisão nos bonecos, como se eles estivessem assistindo televisão. o tema do livro era televisão”, conta.

Depois disso, ele lançou “O dia a dia de Dadá”, o primeiro livro solo.  Agora, ele prepara “Um Lugar Cheio de Ninguém”, que está em fase final.

É a história de um menino que acorda numa cidade sem pessoas.  E essa não é uma história inventada. Foi um sonho que ele teve quando era criança. Entre as peças que ilustram o livro, está uma réplica da casa onde o artista morava quando era criança.

Oficina do Festival Saci

Postado por em 7-07-16 em Mural MX | Comentários desativados em Oficina do Festival Saci

Pelo quinto ano consecutivo, Marcelo Xavier levou a alegria e a criatividade de sua oficina de massinhas para o Festival Saci.

O evento foi um sucesso e reuniu dezenas de crianças e pais no foyer to Teatro Sesiminas, no bairro Santa Efigênia.

Lançamento “Apática” – 20º livro de Marcelo Xavier

Postado por em 4-04-16 em Mural MX | Comentários desativados em Lançamento “Apática” – 20º livro de Marcelo Xavier

Lançamento “Apática” – 20º livro de Marcelo Xavier

O Espaço 670 – Rua do Ouro, 670, Serra, BH – vai receber o lançamento do mais novo trabalho de Marcelo Xavier, “Apática”. O coquetel de lançamento é no dia 19/04, a partir de 18h.

Na ocasião, haverá uma exposição com reproduções das 7 ilustrações presentes na obra, também disponibilizadas para compra. Além disso, todos os livros de Marcelo Xavier estarão à venda.

“Apática é uma cidade perdida no tempo e no espaço, situada depois do longe mais longe, fora do alcance da mão do mundo. A época é qualquer uma; para seus moradores não importam as horas, os dias ou os anos, absoluta é a indiferença das pessoas do lugar. Lá ninguém sorri ou chora. Não há jardins ou árvores nas ruas, mas há um hotel – o único destaque da cidade. Eis que um forasteiro, de cabelos grisalhos, barba e bigode castanhos e aparência saudável de um jovem viajante, chega para hospedar-se no hotel, trazendo consigo uma mala. Não é uma mala qualquer; ela se destaca na luz do sol, despertando no porteiro do hotel uma terrível curiosidade. Como um sentimento assim nunca lhe ocorrera antes, o porteiro acredita que dentro dela há algo especial. E de fato há. Há uma magia, que faz acordar os sentimentos que os apáticos não sabem o que é sentir”.

Para mais informações sobre Marcelo Xavier, clique aqui.

E contatos podem ser feitos pelo 999705162 ou 991156134.

“Apática” e “Tot” na Feira Literária de Bolonha 2016

Postado por em 2-02-16 em Mural MX | Comentários desativados em “Apática” e “Tot” na Feira Literária de Bolonha 2016

“Apática” e “Tot” na Feira Literária de Bolonha 2016

Apática, livro mais recente de Marcelo Xavier, foi selecionado a Feira de Bolonha 2016 (Bologna Children’s Book Fair 2016), na categoria Fiction for young people. Ele integra o Catálogo FNLIJ – Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. A obra ficou pronta no fim do ano passado e ainda não foi lançada oficialmente.

Apática conta a história de uma cidade perdida no tempo e no espaço, situada depois do longe mais longe, fora do alcance da mão do mundo. A época é qualquer uma; para seus moradores não importam as horas, os dias ou os anos, absoluta é a indiferença das pessoas do lugar. Lá ninguém sorri ou chora. Não há jardins ou árvores nas ruas, mas há um hotel – o único destaque da cidade. Eis que um forasteiro, de cabelos grisalhos, barba e bigode castanhos e aparência saudável de um jovem viajante, chega para hospedar-se no hotel, trazendo consigo uma mala. Não é uma mala qualquer; ela se destaca na luz do sol, despertando no porteiro do hotel uma terrível curiosidade. Como um sentimento assim nunca lhe ocorrera antes, o porteiro acredita que dentro dela há algo especial. E de fato há. Há uma magia, que faz acordar os sentimentos que os apáticos não sabem o que é sentir.

Tot, de 2006, relançado no ano passado com CD de áudio e de cara nova, também foi selecionado para o Catálogo FNLIJ para a Feira de Bolonha na categoria New Editions of books already published.

Para acessar o catálogo da FNLIJ, clique aqui.

A Feira de Bolonha deste ano vai de 4 a 7 de abril. E para saber mais sobre o evento, clique aqui.

Bloco para pessoas com limitações é finalista em concurso de marchinha

Postado por em 2-02-16 em Mural MX | Comentários desativados em Bloco para pessoas com limitações é finalista em concurso de marchinha

((Reportagem publicada no EM online em 29/01/16))

Um bloco de carnaval que já está bombando em Belo Horizonte chama a atenção pela sua proposta, a de juntar todo mundo, sem preconceito e sem limitações. “Todo mundo cabe no mundo” foi criado pelo artista plástico e escritor Marcelo Xavier, que lançou recentemente o livro “A estranha”, em que ele conta a sua relação com a cadeira de rodas, uma amiga que ele incluiu no seu dia a dia, segundo o próprio.

Segundo o artista plástico, o bloco foi inspirado em um movimento que ele participou em 2011 na Praça Duque de Caxias, em Santa Tereza, Região Leste da capital. “O tema foi preconceito zero”, lembra. A intenção na época, disse, era que esse movimento continuasse. “Passou tanto tempo que resolvi colocar o bloco na rua. Aproveitando essa ideia do preconceito zero, resolvi convocar todo mundo, pois todo mundo cabe no mundo, o que é uma verdade”, disse Marcelo. O bloco não é fechado apenas para pessoas com limitações explícitas, ressalta Marcelo, “pois todo mundo tem alguma limitação e todo mundo sabe disso”, reforça.

Segundo Marcelo, o bloco é uma abertura para que pessoas que ficam isoladas em casa saiam no carnaval. “Tem pessoas que ficam constrangidas até de participar de algum evento, principalmente de eventos públicos, de ir para as ruas, para o carnaval. A meu ver, carnaval é a festa mais democrática que existe, que está nas ruas, que nasce de uma vontade popular”, comentou.

A marchinha criada por Marcelo Xavier para o bloco, “Bela Adormecida”, é uma das três classificadas para a final do Concurso de Marchinha Mestre Jonas, entre mais de 100 concorrentes, e que vai escolher a melhor delas às 19h deste sábado no Mercado Distrital do Cruzeiro, na Região Centro-Sul da BH.
“Bela Adormecida é uma homenagem a Belo Horizonte, a bela que dormia o tempo todo durante o carnaval e que de repente acordou para a vida e foi para as ruas, para a folia, e não quer mais parar de pular o carnaval. BH está com sangue novo e a gente espera que ela nunca mais adormeça”, explica o artista plástico. A letra também faz homenagem aos blocos que levantaram o carnaval de BH, como Alcova Libertina, Então Brilha, Pena de Pavão de Krishna, Baianas Ozadas e Praia da Estação.

O carnaval vem aí!!!

Postado por em 1-01-16 em Mural MX | Comentários desativados em O carnaval vem aí!!!

O carnaval vem aí!!!

Já estão rolando os ensaios para o bloco “Todo Mundo Cabe no Mundo”!

A iniciativa é uma continuação do movimento “Preconceito Zero”, realizado em agosto de 2012 e idealizado por Marcelo Xavier.

O bloco vai sair no dia 07/02, domingo. A concentração será às 9h no quarteirão fechado da rua Piauí, esquina com avenida Brasil. Os ensaios estão marcados para as terças-feiras, 19h às 22h, até o carnaval, com possibilidade de sessões extras. O local dos ensaios também é na rua Piauí, número 647. Chama-se Park Belo, um galpão espaçoso e coberto, gentilmente cedido pelo amigo Rodrigo Lamounier.

Todos estão convidados a participar e a levar seus instrumentos musicais!

Abaixo, estão os links das marchinhas exclusivamente compostas por Marcelo Xavier para o carnaval de BH 2016. E que estão inscritas no Concurso Mestre Jonas de Marchinhas. Elas foram gravadas pelo super time da Audioartte – Juliana Serra, Cláudio Dias e Ladston do Nascimento – com participação nos vocais de Carla Villar, Ladston do Nascimento, Raquel Filogônio e Izabela Xavier.

Esperamos todos lá na semana que vem!

https://soundcloud.com/leomed…/bela-adormecida-marceloxavier

https://soundcloud.com/leomedina20/to-facim

https://soundcloud.com/leomedina20/todo-munco-cabe-no-mundo

MX participa do encontro “Cidades e Mobilidade Urbana”

Postado por em 10-10-15 em Mural MX | Comentários desativados em MX participa do encontro “Cidades e Mobilidade Urbana”

Já como fruto da luta pela mobilidade nas cidades – e do lançamento do livro “A Estranha” – Marcelo Xavier foi convidado para o encontro, organizado pela Fiat.
A montadora, em conjunto com o USP Cidades e a COPPEAD UFRJ, concluiu um estudo preliminar que foi apresentado e debatido na Casa Fiat de Cultura, no dia 26 de outubro.
O estudo integra o projeto Container realizado pela FCA com o objetivo de promover uma discussão a respeito do futuro da mobilidade urbana no Brasil. Resolver a mobilidade significou, durante muito tempo, solucionar problemas de trânsito e congestionamentos.
Nesse estudo, diferentes contextos urbanos e perspectivas foram utilizados para viabilizar uma análise que colocasse as pessoas e a acessibilidade às oportunidades que a cidade oferece no centro da problemática dos deslocamentos urbanos.

Sucesso no lançamento do livro “A Estranha”

Postado por em 10-10-15 em Mural MX | Comentários desativados em Sucesso no lançamento do livro “A Estranha”

A chegada ao mundo do 19º livro de Marcelo Xavier movimentou o bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte!

A obra conta a vivência do autor com a cadeira de rodas – companheira fiel há 6 anos.

A bela manhã de domingo do dia 18 de outubro foi marcada por um café da manhã e pela cadeirada que acompanharam o lançamento da obra, na região em torno da livraria Asa de Papel.

No dia 7 de novembro “A Estranha” vai ser lançada em Ouro Preto, em um evento paralelo do Fórum das Letras.

Seguem as fotos do lançamento, que ainda contou com ótima repercussão na imprensa.

Wordpress Themes - Free Wordpress Themes